6.8.13

"Água Viva" ganha enquete e volta em setembro no Viva

O canal Viva acaba de anunciar a novela que substituirá "Rainha da Sucata" na faixa da meia-noite. Trata-se de "Água Viva" (1980), grande sucesso de Gilberto Braga - com coautoria de Manoel Carlos -, que volta a ser exibida a partir do dia 30 de setembro. O título venceu a enquete promovida pelo canal pago, em seu portal na internet, onde competia com "A Indomada" (1997), "Fera Ferida" (1993) e "O Dono do Mundo" (1991) pela preferência do público. Após grande movimentação do público noveleiro nas redes sociais, "Água Viva" sagrou-se vitoriosa, com quase 42% dos votos. Curiosamente, "A Indomada", que muitos temiam ser a eleita, ficou em terceiro lugar, na frente apenas de "Fera Ferida". A trama de Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares, porém, não deve tardar a pintar na tela do Viva, provavelmente à tarde.

Retratando um Rio de Janeiro ensolarado e bronzeado, “Água Viva” conta a história dos irmãos Miguel Fragonard (Raul Cortez), cirurgião plástico bem-sucedido, e Nelson (Reginaldo Faria), bon vivant que vive de renda. Os dois se apaixonam por Lígia Prado (Betty Faria), mulher moderna e ambiciosa que não hesita em se separar de seu primeiro marido. Permeando este triângulo amoroso, está o drama da desamparada Maria Helena (Isabela Garcia, então com 12 anos), pequena órfã adotada por Lígia.

“Água Viva” estreou como grande aposta da Globo, que vinha sofrendo dores de cabeça com a catastrófica audiência de “Os Gigantes”, de Lauro César Muniz. Reafirmando seu estilo, Gilberto Braga, vindo do grande sucesso que foi “Dancin’ Days” (1978), mais uma vez jogou suas fichas na sofisticação, colocando em cena personagens ricos e bem-nascidos. Entre fevereiro e agosto de 1980, o público invejou o que viu na tela: lanchas, iates, aviões a jato, cheques milionários, mansões, discoteca, mulheres lindíssimas, joias...  E tudo isso está de volta, mais de trinta anos depois!

No elenco, além dos citados acima, Tônia Carrero, Beatriz Segall, Aracy Cardoso, Cláudio Calvalcanti, Gloria Pires, Fábio Júnior, Lucélia Santos, Natália do Valle, José Lewgoy, Maria Padilha, entre outros. Direção de Roberto Talma e Paulo Ubiratan.


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário