12.3.13

On & Off

ON - Giovanna Antonelli, por seu desempenho em “Salve Jorge”. Com talento e carisma para dar e vender, a atriz vem roubando lindamente a cena na novela das nove da Globo. Na pele da delegada linha dura Helô, Giovanna transita entre o drama e a comédia com competência e jogo de cintura ímpares. Bárbara! Aliás, a implacável Helô é o melhor personagem criado por Gloria Perez desta vez. A delegada tem uma esperteza acima da média, característica que acaba movimentando a trama e atiçando o interesse do público por novos desdobramentos. Ou seja, assim como aconteceu em “Sete Pecados” (2007) e “Três Irmãs” (2008), Giovanna Antonelli é o grande motivo para seguirmos acompanhando “Salve Jorge”.

OFF - O SBT, por deixar de reprisar as suas novelas. Em 2010, Silvio Santos tirou o “Cinema em Casa” do ar, pela enésima vez, e presenteou o público com uma espécie de “Vale a Pena Ver de Novo” duplo em suas tardes. A estratégia deu muito certo, tanto que logo a faixa virou uma sessão tripla. No início, duas novelas brasileiras e uma mexicana. Agora, uma brasileira e duas mexicanas. E dentro de algumas semanas, só vai dar Televisa, quando “Cuidado com o Anjo” substituir a fracassada “Jamais Te Esquecerei”. É uma pena que isso aconteça. O acervo de novelas brasileiras e adaptações de textos estrangeiros do SBT não é nada extenso – e boa parte dele já foi reaproveitado nos últimos tempos –, mas com certeza ainda tem coisa ali que merece um repeteco.


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário