22.6.12

Betty Faria volta às novelas em "Avenida Brasil"


A boa notícia da vez é que Betty Faria, que há muito tempo não ganha um papel à sua altura na telinha, assinou contrato com a Globo nesta quinta-feira (21). A veterana atriz fará uma participação especialíssima nos próximos capítulos de "Avenida Brasil", com uma personagem que vem para tumultuar ainda mais o núcleo cômico da trama.

Betty viverá Pilar Albuquerque, a mãe relapsa da ryca Alexia (Carolina Ferraz). De acordo com a coluna Controle Remoto, do jornal O Globo, Pilar chegará ao Rio atrasada para o casamento de sua filha com Cadinho (Alexandre Borges) e se instalará no apartamento do casal. E é claro que, como toda sogra que se preze, ela não irá nem um pouco com a cara do genro, a quem chamará apenas de Carlinhos. Já viu tudo, né? Babado e muita, muita confusão.

“Sou uma noveleira. Adoro ver e fazer novelas! Fico ansiosa para chegar e gravar. Tenho tesão em fazer novela, eu me divirto, sou muito feliz com isso”, revelou a atriz ao site da novela. “Adoro a novela! Sou fã dos atores, da direção e do João Emanuel. Estou superfeliz de entrar em uma novela que adoro! Estou louca para gravar”, completou.

Betty Faria está longe das novelas da Globo desde 2008, quando viveu a governanta Bárbara em "Duas Caras". Em 2009, assinou com o SBT para fazer "Uma Rosa com Amor", que estreou no ano seguinte. Sua última aparição na TV aconteceu justamente nesta quinta-feira, participando do penúltimo episódio da série "As Brasileiras", no Plim Plim. E Hoje, sexta-feira (22), ela é a convidada do "Confissões do Apocalipse", ótimo programa da também ótima Fernanda Young, no GNT. Comentará sobre seus dois ensaios nus para a Playboy, o "não" dado para "Roque Santeiro" (1985), entre outros temas. Fica a dica.

Não há dúvidas de que a entrada de Betty em "Avenida Brasil" será um reforço e tanto para o já divertido núcleo de Cadinho, não é verdade?! Profissional de enorme valor, a atriz merece mais atenção por parte dos nossos diretores de TV, verdade seja dita. Porque contrato por obra, na boa, não é proposta que se ofereça à uma diva como Elisabeth Maria Silva de Faria.


Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário